Home / Notícias / Antibiótico ‘‘estraga’’ os dentes?

Antibiótico ‘‘estraga’’ os dentes?

DRA. ANA VICTÓRIA BASTOS LIRA | CROSP 111.782
Cirurgiã Dentista

Antibióticos não estragam ou enfraquecem os dentes, porém tem um antibiótico em especial, a tetraciclina, que tem a característica de aderir à dentina provocando manchas nos dentes, porém isso depende muito da quantidade que está sendo tomada e só pode haver alguma alteração enquanto o dente está se constituindo. Lembrando que este tipo de antibiótico quando utilizado (na fase de formação dentária) tem o potencial de “manchar” os dentes e não de enfraquecê-los.
Após a formação dentária completa (que ocorre por volta dos 12 anos) nenhuma quantidade deste tipo de antibiótico causa problemas em relação ao manchamento dentário, os pediatras e cirurgiões-dentistas sabendo disso procuram receitar para as crianças outros tipos de antibióticos, que têm o mesmo efeito.
Os antibióticos também não causam cáries, porém esses medicamentos, principalmente os xaropes, tem uma grande quantidade de açúcar para facilitar a ingestão do medicamento por crianças, e o açúcar é um grande responsável pelo surgimento de cáries. Muitos desses medicamentos, a dose deve ser tomada de 8 em 8 horas ou de 6 em 6 horas, sendo muita das vezes necessária uma dose no período noturno, quando a criança já está na cama, principalmente com enfermidade. Então os pais acabam ficando com dó de tirar a criança da cama e acabam negligenciando a higienização bucal, deixando a criança dormir. O correto seria após cada dose, realizar a escovação completa. Para evitar as cáries é essencial uma higienização adequada e uma atenção e cuidado especial quando a criança estiver doente.
Já sabemos que afeta as crianças. Agora, quais os cuidados que devemos tomar quando elas precisam de antibiótico?
Os danos dentários podem ser evitados com a realização da higiene bucal, com escova, pasta e fio dental após cada dose da medicação. Da mesma forma que é feita depois de cada alimentação. No caso de bebês, limpar os dentes com uma fralda de tecido ou gaze umedecida em água filtrada. Portanto, antibióticos não “estragam ou enfraquecem” os dentes e sim a falta de higienização adequada.

Sobre Flavio Camilo

Verifique também

Ibirá registra zero casos de Covid e traz de volta a esperança

Esperamos muito por este momento, todos unidos em orações, cada um se esforçando para que …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: