Home / Notícias / Aftas: quais são as causas? Como me livrar delas?

Aftas: quais são as causas? Como me livrar delas?

DRA. ANA VICTÓRIA BASTOS LIRA | CROSP 111.782
Cirurgiã Dentista

 As aftas são muito comuns, de acordo com a Associação Internacional de Cirurgiões Bucomaxilofaciais, estima-se que 1 em cada 5 pessoas já teve aftas. São lesões ou feridas ulcerativas que podem se desenvolver em qualquer parte da boca. São observadas mais comumente na superfície interna das bochechas e dos lábios, na língua, na base da gengiva e no céu da boca.
As aftas não são contagiosas e não se desenvolvem como resultado do Herpesvírus, ao contrário do que pensa a maioria das pessoas. Vários fatores combinados podem contribuir para seu aparecimento e os mais comuns são:
– Lesão bucal: tratamento dentário, escovação, prática de esportes, mordida na bochecha.
– Sensibilidades alimentar: chocolate, café, alimentos altamente ácidos ou condimentados.
– Carência de vitaminas e minerais: ferro, ácido fólico, B12 e zinco.
– Alterações hormonais: como as que ocorrem durante o período menstrual.
– Afecções e doenças: especialmente aquelas que afetam o sistema imunológico.
Qualquer pessoa pode ter aftas. Algumas desenvolvem aftas de 2 a 3 vezes ao ano, enquanto outras desenvolvem regularmente. Mas a primeira ocorrência é geralmente entre 10 e 40 anos de idade.
O período mais doloroso é nos primeiros dias de aparição, antes do início do processo de cicatrização. Em alguns casos, pode ser doloroso comer ou até falar durante esse período. As aftas menores e herpetiformes cicatrizam e desaparecem após cerca de duas semanas, essas não deixam cicatrizes visíveis.
Enquanto cicatriza, evite consumir alimentos condimentados ou ácidos e bebidas alcoólicas, pois podem causar dor na área.
Continue escovando os dentes e usando o fio dental diariamente. Se algum dos sintomas persistir por mais de duas semanas, se você sentir dor não controlável mesmo com as medidas tomadas, tiver grandes lesões recorrentes ou novas lesões antes que as mais antigas cicatrizem, entre em contato com o seu cirurgião-dentista, se necessário, poderá ser prescrito medicamentos e adoção de outras medidas especificas para cada caso.

Sobre Flavio Camilo

Verifique também

Prefeitura de Ibirá aderiu à Campanha Vacina contra a Fome

O Governo do Estado de São Paulo, lançou na última quarta-feira (31/03) a campanha “Vacina …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: