Home / Notícias / Mortes prematuras em Urupês diminuem em 50% após implantação das novas estratégias e unidades de saúde

Mortes prematuras em Urupês diminuem em 50% após implantação das novas estratégias e unidades de saúde

A prevenção e o diagnóstico precoce do câncer, diabetes e hipertensão são resultados dessa redução

O Ministério da Saúde registrou, na última reunião interna da SISPACTO, em Urupês, uma redução de 50% na taxa de mortes prematuras, referentes a pessoas entre 30 e 69 anos, cadastradas no Sistema Único de Saúde (SUS) do município.
A redução é resultado de um trabalho de prevenção, desenvolvido pela Secretaria de Saúde, que reorganizou e colocou em prática o sistema de Estratégia Saúde da Família (ESF) que, embora já existisse em uma unidade, foi ampliado para toda a rede pública de saúde, passando a funcionar efetivamente, inclusive nas duas novas unidades construídas e instaladas nos bairros Mundo Novo e Manoel Carreira.
A secretária municipal de Saúde, Cristina Camargo, explica o objetivo de aderir esse sistema nas unidades: “a adesão da ESF visa a qualificação e consolidação da atenção primária, substituindo a medicina curativa pela preventiva e, assim, realizar diagnósticos precoces, melhorando a saúde pública. Ao final do mês, enviamos um relatório de prestação de contas para o Ministério da Saúde, constatando todos os atendimentos realizados no mês”.
O objetivo principal da “Estratégia” é prevenir e, principalmente, diagnosticar com antecedência doenças crônicas que podem levar a mortes prematuras. Com o gerenciamento dos casos de urgência e emergência e a qualificação das equipes de saúde, a população passou a ter 100% de cobertura em atendimentos preventivos.
A ESF Dr. Rahal Tebet (no Bairro Manoel Carreira) e a ESF Dr. Hans Ronald Froelich (no bairro Mundo Novo) acabam de completar um ano em fevereiro de 2020 e os resultados são positivos em diversos aspectos para a saúde em geral: além de diminuir as filas de espera, todas as unidades de saúde disponibilizam aos pacientes a realização de exames preventivos. 
A partir de agora, o paciente não precisa mais ser encaminhado para cidades da região, referência em atendimentos na Saúde, como Catanduva, para a realização de alguns exames preventivos.
Todas as unidades disponibilizam consultas de rotinas, consultas de urgência – incluindo encaminhamentos via SAMU e para especialidades diversas. 
Com o aumento do fluxo de consultas diárias, ações e campanhas de busca ativa de doenças e tratamentos psicológicos, os pacientes sentem uma melhora no atendimento, que vem recebendo elogios, principalmente pela agilidade nos diagnósticos e encaminhamentos de especialidades.
Edvania R. Paulino (32) e o filho Enzo (3) são beneficiados. “Nós recebemos todo o atendimento necessário. Foi a melhor coisa que nos aconteceu, recebermos todos esses serviços perto de casa”.
Com todas as possibilidades que a Estratégia Saúde da Família fornece às equipes, Juliana Crivellaro Bailo, que gerencia a ESF Rahal Tebet, afirma que é possível traçar uma linha de cuidados específicos de acordo com a necessidade de cada membro das famílias assistidas pela saúde pública da cidade. “Além de todos os serviços que prestamos aqui na unidade, temos ações na Academia da Saúde, aberta a todo o público, como alongamentos e grupos de caminhada. Fornecemos o transporte para que os moradores do bairro Manoel Carreira possam ir e voltar sem desgastes e com mais conforto. O que ainda falta é a participação desses moradores, pois poucas pessoas aderem aos serviços que oferecemos”.
Uma prestação de serviços a saúde pública quase que completa: curativos, soroterapia, inalações, coleta de Papanicolau, controle pressórico (controle de pressão arterial), controle de glicemia, teledermato, visitas domiciliares do médico, enfermeiro e técnico de enfermagem nas residências de pessoas que não podem se locomover até os postos de atendimento, sem contar as visitas periódicas dos agentes comunitários em todas as casas que houver necessidade.
“Tudo isso é fruto da prática da Estratégia Saúde da Família e cuidar de todos com muito carinho é o objetivo da nossa equipe”, ressalta Ivalda Franzim, gerente da unidade ESF Mundo Novo.
Em 2018, ocorreram 30 casos de mortes prematuras, já em 2019 foram registrados apenas 15 óbitos por doenças crônicas. Com a contratação dos novos agentes para as equipes de estratégia e a construção dessas unidades, os resultados podem ser cada vez mais positivos.    
Contudo, segundo a secretária de Saúde, o próximo passo é ampliar ainda mais a cobertura, com a implantação do atendimento odontológico, pediátrico e ginecológico em todas as unidades.
O prefeito Bica está orgulhoso de administrar um município onde a saúde evolui a cada dia. “Nós enxergamos a necessidade das pessoas de receberem mais qualidade de vida e um atendimento humanizado e conseguimos atingir a meta principal, atender o ser humano como ele merece”.

Sobre Flavio Camilo

Verifique também

Prefeitura de Ibirá define cronograma para aplicação de pulverização contra a Covid-19

Mutirão deve acontecer duas vezes na semana: quinta-feira e domingo, em Ibirá e no distrito …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: