Home / Destaque / Feira do Produtor Rural de Ibirá é um sucesso

Feira do Produtor Rural de Ibirá é um sucesso

População prestigiou em massa a inauguração do evento, no centro cidade, há muito tempo esperado por todos

Famílias nas ruas, produtores felizes, música ao vivo, produtos frescos, artesanato, pastel e caldo de cana.
Uma união de esforços gerou a inauguração há muito tempo esperada por Ibirá: a Feira do Produtor Rural, que aconteceu no dia 10 de outubro.
Por muitos anos, o evento foi solicitado tanto pela população, quanto pelos produtores, que sofriam por falta de incentivo para a exposição e comercialização dos seus produtos.
Mas o Programa Feira do Produtor Rural do SENAR possibilitou essa realização, através da parceria com a Prefeitura e Casa da Agricultura de Ibirá, FAESP e Sindicato Patronal Rural e EDR de Catanduva.
Ao todo, 10 famílias de produtores rurais foram contempladas pelo programa, passaram por treinamentos e agora estão habilitadas a venderem frutas, legumes, doces, pães, entre outras iguarias.
Além dessas famílias, outras três integram a chamada Praça de Atrativos, que tem pastel, panqueca, caldo de cana e artesanato.
ESFORÇO CONJUNTO
O chefe da Casa da Agricultura de Ibirá, Hamilton dos Santos Júnior, comemorou a implantação da feira.
Segundo o profissional, ela só foi possível devido ao apoio recebido pela atual administração. “Antes não tínhamos incentivo necessário da Prefeitura. Agora temos mais um evento turístico para o município, que agrega valor às atividades rurais”, relata.
O presidente do Sindicato Patronal Rural de Catanduva, José Paulo Ravazzi, também ressaltou a relevância do evento. “É de suma importância para o produtor ter como conseguir vender seus produtos de forma direta, sem atravessadores”, declara.
OPÇÃO DE RENDA
O Programa Feira do Produtor Rural do SENAR tem por finalidade criar uma opção de renda para o produtor rural, através da venda direta dos produtos, mesmo sem ter grande escala de produção.
“O programa valoriza o trabalho e os produtos do produtor rural, permitindo a troca de experiências e estreitamento da relação de confiança. Sua missão é estabelecer um ambiente favorável para a oferta de produtos, promovendo o desenvolvimento econômico e social”, comenta a instrutora do SENAR, Mara Setti Mendes.
Os feirantes participaram de treinamento desde março desse ano, com os seguintes módulos: integração; sensibilização; normas e procedimentos; boas práticas de manipulação de alimentos; produtos rurais para comercialização; construções do estande de bambu; comercialização; gestão do negócio; realização de quatro feiras – com acompanhamento de instrutores do SENAR – e consolidação do programa.

“Os agricultores foram valorizados”, diz feirante

O agricultor Alberto Mário Marion, morador do bairro Tanquinho, revelou que está feliz com a implantação da feira. “Os agricultores estão sendo valorizados, é uma importante divulgação da nossa lavoura, que tem origem boa, sem agrotóxico”, destaca ele, que vende verduras e produtos caseiros, como bolos e roscas.
A feirante Dorcas Belo da Silva, da Estância Nova Esperança, está participando pela primeira vez de um evento como esse e demonstrou empolgação. “Estou achando ótimo, fizemos o treinamento, foi muito bom pra gente”, comenta a feirante, que vende geleias, doces e produtos da horta.
A família da Maria do Carmo Marion também está presente com uma barraca – ela, sua irmã e seu sobrinho comercializam o que produzem no Sítio São Domingos, tanto frutas e legumes, como pães e outros.

População presente

Fazia 15 dias que a aposentada Encarnação Parra Garcia não saia de casa, devido a um problema de saúde. Mas a vontade de prestigiar a inauguração a motivou e lá estava ela, comendo seu pastel na feira. “Essa feira veio para ficar. Ibirá precisava disso”, diz ela, que já foi Secretária do Turismo do município.
O vendedor César Lima também estava radiante com o evento que, segundo ele, “é uma ótima opção de divertimento, traz alegria para o povo”.
Para Lindomar Alves Moreira, vendedor, “só faltava Ibirá ter uma feira assim, todas as cidades têm, e é muito importante esse tipo de incentivo para o produtor”.

O que tem?

10 barracas

  • verduras
  • legumes
  • frutas
  • produtos caseiros
  • pães
  • doces
  • roscas
  • bolos
  • geléias, etc.

Praça de Atrativos

  • pastel
  • caldo de cana
  • panqueca
  • artesanato

Sobre Flavio Camilo

Verifique também

Prefeito vai à Brasília em busca de recursos para Urupês

O Prefeito Bica esteve em Brasília no mês de outubro, participando de diversas audiências em …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: