Home / Notícias / Intoxicações alimentares

Intoxicações alimentares

De grande relevância e de maior ainda casuística na rotina da clínica veterinária, são as intoxicações alimentares em animais de companhia, sejam elas: por conta dos próprios animais, com sua curiosidade peculiar ou em função do instinto animal mesmo, ou então, na maioria das vezes por conta e risco dos tutores/ proprietários. Muitas das vezes, os donos ou tutores de animais de companhia se compadecem ou mesmo se rendem às “carinhas pidonchas”, de “tristeza”, de “sofrência”, de “carência”, etc. deles, e não conseguem resistir, então acabam por oferecer alimentos de gênero alimentício humano para os animais, trazendo inúmeras consequências por vezes desastrosas à saúde deles, podendo inclusive colocá-las em risco.
Dentre as intoxicações mais comuns, podemos destacar: chocolates, frutas (principalmente as ácidas), carnes (na maioria de churrasco), balas, doces, massas, etc.
É pertinente a preocupação por parte de nós Médicos Veterinários, em relação: ao alerta, à cobrança e à fiscalização, perante os nossos clientes, donos desses animais quanto aos cuidados e aos danos que esses tipos de alimentos causam aos nossos pacientes (cães e gatos). Por vezes esse tipo de acontecimento ocorre por falta de orientação mesmo, porém, na maior parte é em função de dó mesmo, ou então de “achar” que nunca irá acontecer nada, que tudo possa ser um “exagero”! Mas… está mais do que comprovado cientificamente esses efeitos maléficos à saúde de nossos pets. 

Dentre os sintomas mais comuns e “talvez menos graves”, estão: vômitos, diarreias, cólicas, inapetência, emagrecimento, etc.
Sinais e sintomas mais sérios podem ser observados nos casos de: diarreia sanguinolenta, infecções intestinais, desidratação, apatia. Casos ainda mais graves podem evoluir ou se apresentarem de imediato na forma de: pancreatite,  intussuscepção intestinal, obstrução total ou parcial de intestino, torções gástricas, etc, as quais podem levar o animal a óbito.
Por vezes os animais passam por quadros descritos acima como “mais comuns e talvez menos graves”, 1, 2 ou mais vezes, até se tornar um caso crônico, e trazer danos irreparáveis ou então algum problema que tenha que ser tratado o restante da vida do animal.
Procure sempre manter uma alimentação adequada e de boa qualidade ao seu amigo/a tão querido e especial.
Consulte sempre o Médico Veterinário de sua confiança.
Bicho Mania Pet Shop: 3552-2296
Clinvet Ibirá: 3551-1581
Emergência: 98111-1084

Sobre Flavio Camilo

Verifique também

INPE emite alerta de onda de calor com riscos de morte na região

O INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) emitiu um alerta de onda de calor, com …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: