Home / Notícias / A formação integral

A formação integral

DIEGO ISIQUE CARVALHO | CREF 083300-G/SP  |  Formado em Educação Física | Licenciatura e Bacharel Especialista em Educação Física Escolar, Fisiologia do Exercício, Treinamento Desportivo e Musculação | Personal Trainer

Salve! Salve! Com certeza você já deve ter proferido a famosa frase durante sua vida escolar, “Por que eu tenho que saber isso?” ou “onde é que vou usar isso”. Pois muito bem, observamos dois tipos de postura dentro de uma escola: a que se preocupa apenas com resultados das aprovações em vestibulares e concursos, e a escola que prioriza a formação humana e acredita que os resultados são consequências do trabalho envolvendo todos os que compõe a escola. Também encontramos lugares onde sua conduta é uma mistura dos dois, já que professores tem o direito à liberdade de cátedra: liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento (artigo 206 da constituição de 1988).
Já algum tempo vários pensadores proferem que a escola é lugar de formação humana, de formação integral do aluno, esta formação envolve os aspectos: afetivo, psicológico, cognitivo, social e motor. Também parece ser o direcionamento da BNCC (base nacional comum curricular), portanto a propaganda das escolas que expõe apenas os alunos que conseguiram notas altas em vestibulares fica desconexa com a realidade que queremos.
Nesta linha de pensamento os conteúdos aprendidos são contextualizados, portanto as perguntas feitas no inicio do texto perdem seu sentido, afinal tudo que é aprendido na escola é transportado para fora dela, dando valor e significado ao conhecimento.
Todo inicio de ano, discuto com os alunos em sala de aula sobre a escola e em um dos momentos apresento um texto que infelizmente não consigo descobrir quem é seu autor, mas que com certeza gera reflexão.
Segue o texto.
“Prezado Professor,
Sou sobrevivente de um campo de concentração. Meus olhos viram o que nenhum homem deveria ver. Câmaras de gás construídas por engenheiros formados.
Crianças envenenadas por médicos diplomados. Recém-nascidos mortos por enfermeiras treinadas. Mulheres e bebês fuzilados e queimados por graduados de colégios e universidades.
Assim, tenho minhas suspeitas sobre a Educação. Meu pedido é: ajude seus alunos a tornarem-se humanos. Seus esforços nunca deverão produzir monstros treinados ou psicopatas hábeis. Ler, escrever e aritmética só são importantes para fazer nossas crianças mais humanas.”
A escola é lugar de ressignificar e construir o conhecimento, Nelson Mandela dizia que a educação é a ferra-menta mais poderosa para o mudar o mundo.
Para que isso aconteça é necessário a participação de todos, o trabalho é difícil e árduo, mas como nos ensinou grande alma Gandhi, “Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer”.
Grande abraço a todos, e até a próxima.

Sobre Flavio Camilo

Verifique também

Alunos destaque da escola Maria da Glória de Urupês são premiados

Alunos da escola Maria da Glória Robert Lima de Almeida que se destacaram em diversos …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: