Home / Notícias / Alunos do Serviço Criança Feliz são campeões estaduais de Jiu-Jitsu

Alunos do Serviço Criança Feliz são campeões estaduais de Jiu-Jitsu

Eles e outros cinco esportivas de Urupês conquistaram medalhas na final estadual em São Carlos/SP

Dez esportistas de Urupês, dentre eles cinco alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Criança Feliz, foram medalhistas na Final Estadual da Federação de Jiu-Jitsu do Estado de São Paulo (FESP), disputando com outras diversas cidades do estado. A final aconteceu no úl-timo dia 21 de outubro, no Ginásio Esportivo Milton Olaio Filho, em São Carlos/SP.
Os esportistas urupeenses fazem parte da “equipe Mestre Nahum”, que entrou na competição com 53 competidores, conquistando 38 medalhas de ouro, 10 de prata e cinco de bronze, conforme divulgou Robson Danilo Pando, instrutor de Jiu-Jitsu e um dos medalhistas da cidade. Ele se classificou para o Pan-Americano de Jiu-Jitsu, que vai acontecer no dia 7 de dezembro na capital paulista.
O quadro de urupeenses medalhistas foi o seguinte: Higina Palhari: campeã do Master 3; Diego Vieira: terceiro colocado Azul Master; Guilherme Ledesma: terceiro colocado adulto; Isadora Cardoso: campeã infantil; Keven Pacheco da Silva: campeão infantil; Kauê da Cruz: campeão infantil; Isabelli Fujimoto: campeã infantil; Kauã Justino dos Santos: vice-campeão infantil; Beatriz Oliveira da Silva: campeã infantil; e Robson Danilo Pando: vice-campeão, faixa preta, meio-pesado Master.
Danilo também é instrutor da arte marcial no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Criança Feliz de Urupês, onde dá aulas para várias turmas. Segundo ele, “o jiu-jitsu, assim como outras artes marciais, presa muito pela disciplina e respeito, trabalhando o caráter, motivando as crianças e mostrando que não é só uma luta, mas um estilo de vida”.
O Jiu-Jitsu é uma das diversas atividades oferecidas pelo Criança Feliz. Ao todo, o serviço atende mais de 200 crianças em Urupês e São João de Itaguaçu em atividades socioeducativas no período em que não estão na escola. Trabalhando em conjunto com setores básicos do desenvolvimento da criança, em parceria com serviços de educação e saúde, o Criança Feliz realiza um acompanhamento periódico da caderneta de vacinação e da pesagem dos alunos, além de seus desempenhos no ambiente escolar, notas e presença nas aulas. Os alunos também têm acesso a atividades de musicalização, artesanato, dança, ioga, atividades em grupos, com acompanhamento de profissionais do CRAS, e atividades multiesportivas em parceria com o Programa SESI – Atleta do Futuro.

Sobre Flavio Camilo

Verifique também

Conferência Intermunicipal propõe novas ações para a proteção da infância e adolescência

Urupês sediou a XI Conferência Municipal e a I Conferência Intermunicipal dos Direitos da Criança …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: