Home / Ibirá / Programa Renda Cidadã passa por restruturação e Ibirá recebe novas vagas

Programa Renda Cidadã passa por restruturação e Ibirá recebe novas vagas

Recentemente o Programa Renda Cidadã passou por uma restruturação que se deu a partir da implementação de um software de gestão feito a partir de estudos encomendados em janeiro de 2015 ao Instituto de Pesquisa Mauro Borges (IMB). A partir do mapeamento social de todo Estado, permitiu que houvesse a categorização técnica de todas as regiões, bem como seus municípios por densidade demográfica e por proporcionalidade.
O novo sistema é o responsável por selecionar as famílias que receberão o benefício, no qual a Secretaria de Desenvolvimento Social do estado de São Paulo promoveu ainda, de forma inédita no Estado, o cruzamento de dados com o Cadastro Único de Assistência Social (CadÚnico), por onde detectou famílias que recebiam pagamentos em duplicidade pelos governos federal e estadual.
Neste mês de janeiro, a Prefeitura Municipal de Ibirá foi comtemplado com mais doze vagas do programa Renda Cidadã. O programa visa promover ações complementares e conceder apoio financeiro temporário direto à família, visando a autos sustentação e a melhoria na qualidade de vida da família beneficiada.
O valor do benefício é de R$ 80 mensais por família, e o período de permanência máximo no programa é de 36 meses. A cada 12 meses, o facilitador verifica as condições e os critérios para permanência da família no programa.
No dia 18/01 na sede do Centro de Referência de Assistência Social foi realizado uma breve reunião com as beneficiarias onde foram informadas sobre os critérios e condicionalidades para permanência no Programa.
Para se inscrever, os interessados devem comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) na Av. Salvador Bruno, 204 – São Benedito. Para mais informações ligar 17- 3551 1523.

Sobre avpgraficaejornal

Verifique também

Projetos da Lei Aldir Blanc são iniciadas em Ibirá

Arte e conhecimento estão em cartaz em Ibirá, são os projetos da Lei Aldir Blanc …

%d blogueiros gostam disto: