Home / Notícias / Preço do material escolar pode variar até 450%

Preço do material escolar pode variar até 450%

Faça as contas e economia ao se programar e analisar orçamentos

 

AMANDA FACCA

 

Na atual situação em que o Brasil se encontra, a melhor opção para quem deseja economizar é pesquisar preços, e é isso que o Procon SP alerta aos pais que precisam comprar materiais escolares para os filhos nesse início de ano.
Além do aumento comum que os produtos sofrem anualmente, o Procon afirma que os materiais escolares iguais, incluindo a marca, podem ter variação de até 450% no valor final entre uma loja e outra.
É preciso ter calma, dedicar um tempo para analisar orçamentos e correr atrás do mais barato, isso se não quiser ficar no prejuízo. Há quem se adiante e compre tudo antes mesmo do natal, mas a pressa não é uma boa aliada de quem quer fazer bom negócio.
O jornal Bom dia Brasil publicou na semana passada o seguinte: “uma pesquisa do Procon paulista, abrangendo 169 itens mostra que na capital, em um ano, o material teve um aumento médio de quase 13%, praticamente o dobro da inflação acumulada entre dezembro de 2015 e novembro de 2016. Parte da explicação podem ser os preços em dólar”. Quanto a isso, não há o que fazer, mas há como esperar promoções e comprar somente os itens de maior urgência.
Outra ideia é não comprar de cara tudo o que o seu filho pede. Não só as lojas tem variações de preço, as marcas são as maiores influenciadores dos números altos no fim das contas. Optar por cadernos mais simples ao invés do personagem do momento e lápis comum no lugar da marca mais conhecida ode causar um alívio para o bolso dos pais.

Sobre avpgraficaejornal

Verifique também

Projetos da Lei Aldir Blanc são iniciadas em Ibirá

Arte e conhecimento estão em cartaz em Ibirá, são os projetos da Lei Aldir Blanc …

%d blogueiros gostam disto: