Home / Notícias / A importância do homem na educação dos filhos

A importância do homem na educação dos filhos

dia dos pais netAMANDA FACCA
Estudante de Jornalismo

 
O segundo domingo do mês de agosto é deles, mas o mérito é principalmente para aqueles que não são pais somente na data em que se ganha presentes.
O cargo intransferível de ser pai começa com o nascimento de um ser bem menor do que a responsabilidade que você poderia imaginar que viria com ele, e este não é um cargo qualquer em que você pode pedir as contas. Ser pai é uma tarefa diária e reflete diretamente na personalidade e desempenho de outro que virá se tornar um cidadão à maneira que você o criou.
Ser pai é ser amigo e professor. Ensinar a andar de bicicleta e dar bons conselhos. É saber a hora de dizer não sem esgotar a palavra. Pode ser mais difícil para um ou para outro, mas os desafios devem ser o melhor meio para tornar-se um pai heroi. Não é preciso capa vermelha, só as vezes, nas brincadeiras. E como nos quadrinhos, um bom coração vale mais que qualquer super poder.
Não há um manual correto que explique exatamente como ser um bom pai, o que conta é o esforço de cada um e se o homem demonstra qualquer tipo de intenção boa automaticamente será um bom pai. As crianças costumam espelhar-se nos pais e fazer deles seus protetores. Para elas basta que os pais estejam presentes.
À partir desta relação a criança estabelece vínculos e toma para si os pais como referência. Psicólogos afirmam que o pai para ambos os filhos menino ou menina, será a principal referência nas suas relações amorosas futuras. A menina escolherá um namorado que possua características semelhantes ás de seu pai e o menino irá se comportar com as mulheres à mesma maneira que seu pai com sua mãe. É claro que cada indivíduo tem suas próprias opiniões e com o passar do tempo os filhos crescerão e desenvolveram uma visão crítica sobre tudo aquilo que está a sua volta, reconhecerão os erros, identificarão situações que não os agradem e tentarão fazer diferente, talvez escolhendo um cônjuge completamente diferente de seu pai pelos mesmos motivos. E, assim como no amor, o pai pode funcionar como referência na escolha profissional ou mais à frente como incentivo à ter ou não filhos e lembrar de como seu pai era na hora de educar os seus.
A família é a base que sustenta e o norte que guia com uma corrente de significações que ajudarão a formar cidadãos ou corrompe-los. Os pais serão sempre fundamentais biológicos ou não. O desempenho aplicado por eles é quem definirá e não a genética. Por isso é importante estabelecer uma boa estrutura e planejar antes de decidir assumir tal responsabilidade, responsabilidade esta que se bem desempenhada trará a felicidade como retorno.

Sobre avpgraficaejornal

Verifique também

Projetos da Lei Aldir Blanc são iniciadas em Ibirá

Arte e conhecimento estão em cartaz em Ibirá, são os projetos da Lei Aldir Blanc …

%d blogueiros gostam disto: