Home / Notícias / COMTUR de Sales recebe orientações de Engenheiro Florestal

COMTUR de Sales recebe orientações de Engenheiro Florestal

DSCN9605 netOs membros do Conselho Municipal de Turismo – COMTUR de Sales se reuniram na noite do dia 12 de julho, no gabinete municipal para debaterem e adquirirem novos conhecimentos sobre a implantação de sistema de esgotamento sanitário em condomínios e bairros rurais do município.
Preocupados com a preservação do meio ambiente a médio longo prazo, a Procuradora Geral do Município Kátia Torres e o Procurador Eduardo Richter, convidaram um especialista ambiental para sugerir e enriquecer os conhecimentos dos membros do Conselho.
O Engenheiro Florestal e Gestor Ambiental Lucas Savério Proto que é especialista em adequação ambiental de propriedades rurais, falou da importância do sistema de esgotamento sanitário em Sales, para livrar os lençóis freáticos locais da poluição causada pelas fossas sépticas, alternativa utilizada pela maioria dos imóveis para destinação final dos esgotos domésticos.
O projeto sanitário sugerido prevê o tratamento dos efluentes de esgoto doméstico através de processos naturais em digestores biológicos aeróbicos.  “Não tenho dúvidas que, atualmente, esta é a melhor opção, em custo/benefício, pois não emite cheiro, nem vetores e prioriza a importância ambiental e ecológica da região, pois os antigos sistemas, infelizmente ainda muito utilizados, como fossas e sumidouros podem causar a contaminação de água subterrânea e superficial. Vejo como positivo esse sistema porque através dele será possível elevar a saúde da população e a ecologia local”, disse.
O engenheiro também enumerou os principais benefícios proporcionados pelo serviço de esgotamento sanitário, como a melhoria das condições de saúde e bem-estar da população junto com a preservação dos recursos naturais e a não contaminação dos rios, nosso maior potencial em termos de Turismo.
Durante a reunião o engenheiro, falou da necessidade de recuperar as áreas degradadas, lixiviadas e de fragmentação ecológica, com o plantio de cotas de árvores nativas de espécies endêmicas e específicas da região, e de Área de Preservação Permanente – APP junto com estímulos à condução da regeneração ecológica natural. Apresentou ainda, alternativa para a localização dos equipamentos que vão compor o sistema de tratamento de esgotos.
A Associação dos Empresários do Turismo de Sales – AETURSA viu com bons olhos as informações colhidas na reunião.  Uma vez que Sales tem o turismo como sua maior fonte de renda, é absolutamente importante preservar nossas riquezas ecológicas, principalmente a qualidade das águas de nossos rios, que atraem tantos banhistas, disse o presidente da AETURSA Aparecido Broes durante a reunião.

Sobre avpgraficaejornal

Verifique também

Projetos da Lei Aldir Blanc são iniciadas em Ibirá

Arte e conhecimento estão em cartaz em Ibirá, são os projetos da Lei Aldir Blanc …

%d blogueiros gostam disto: