Home / Notícias / Sales entrega Plano Diretor do Turismo no Governo do Estado

Sales entrega Plano Diretor do Turismo no Governo do Estado

net 5O prefeito Charles Cesar Nardachioni e o Secretário da Assistência Social Luiz Estrela da Prefeitura de Sales, protocolaram a entrega do Plano Diretor de Turismo de Sales ao deputado estadual Itamar Borges, para concorrer ao MIT (Município de Interesse Turístico).
A entrega ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado, no auditório Franco Montoro. Após o protocolo o Plano Diretor de Turismo de Sales agora vai passar pela aprovação dos deputados estaduais, após consulta e avaliação do plano, pois existe uma série de pré-requisitos estabelecidos por projeto de lei do Estado de São Paulo, que estabelece condições para a classificação de Estâncias e Municípios de Interesse Turístico.
Como por exemplo: possuir expressivos pontos de visitação de uso público e caráter permanente, naturais, culturais ou artificiais, que identifiquem a sua vocação como: turismo social, cultural, religioso, esportivo, de aventura, rural, náutico de sol e praia, de estudos e de intercâmbio, turismo de saúde, negócios e eventos e de pesca, entre outros requisitos que foram inseridos no Plano Diretor de Turismo de Sales.
Segundo o secretário de Turismo de Sales Fernando Ruedas Cuelhar, Sales tem grande potencial turístico e, grandes chances de conseguir a inclusão no Programa Município de Interesse Turístico (MIT) que propiciará a cidade receber anualmente recursos na ordem de até R$ 600 Mil Reais que poderão ser liberados mediante apresentação de projetos do Setor Municipal de Turismo (Secretaria Municipal de Turismo e COMTUR) , que deverão ser usados para aumentar o fluxo turístico já existente, além de proporcionar com isso gerar emprego/renda/progresso e desenvolvimento.
O próximo passo é apresentar o Plano Diretor se aprovado pelos deputados na Secretaria Estadual de Turismo. Sales concorre com outros 140 cidades que serão escolhidas dos 645 municípios do estado, tirando todas as cidades que não podem concorrer como as 70 instâncias já turísticas, cidades acima de 200 mil habitantes, devem sobrar por volta de 540 munícipios, as que possuem o mínimo de qualificação seriam por volta de umas 330 municípios que serão avaliados tecnicamente, quanto à infraestrutura do município e capacidade de atendimento ao turista e à própria população.

Sobre avpgraficaejornal

Verifique também

Ibirá registra zero casos de Covid e traz de volta a esperança

Esperamos muito por este momento, todos unidos em orações, cada um se esforçando para que …

%d blogueiros gostam disto: