Home / Notícias / SP receberá R$ 156 milhões para obras contra a crise hídrica

SP receberá R$ 156 milhões para obras contra a crise hídrica

Alckmin mantém secretário de Segurança PúblicaAcordo foi feito em reunião entre o Banco Mundial, o Banco Interamericano de Desenvolvimento e Alckmin em Washington.

 

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), se reuniu no último dia 11, com representantes do Banco Mundial (Bird) e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington, nos EUA, e conseguiu o financiamento de R$ 156 milhões para obras no Estado.
Parte do montante foi oferecida pelo Bird após a apresentação de projetos estaduais para o combate à crise hídrica. Além disso, o banco já deu parecer favorável para quatro projetos em andamento.
O primeiro prevê o financiamento da instalação da segunda fase de membranas ultrafiltrantes para ampliação da capacidade de tratamento de água da Estação de Tratamento do Alto da Boa Vista. A implantação da membrana está prevista para junho e o valor do financiamento será de R$ 42 milhões.
O Banco Mundial irá pagar também R$ 49 milhões pelo financiamento da obra civil de interligação das represas Rio Grande e Taiaçupeba, que foi iniciada há uma semana. A obra tem previsão de conclusão em setembro.
O Programa de Gestão da Demanda também será patrocinado com recursos do Bird. A CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) prevê trocar louças sanitárias e ajustar instalações hidráulicas em conjuntos habitacionais antigos, especialmente na área de abastecimento do Sistema Cantareira. Neste caso, o Bird financiará R$ 20 milhões.
Por fim, o banco vai repassar R$ 45 milhões para a obra de dois coletores tronco (Chrysler e Jussara-Areião, em São Bernardo do Campo), que visa a retirada de esgotos de cerca de 4,3 mil ligações existentes. Hoje, esses dejetos são despejados no corpo central da represa Billings.
Enquanto isso, o Banco Interamericano de Desenvolvimento comprometeu-se a financiar, com R$ 10 milhões, a seleção e a modelagem de novas parcerias do setor privado para investimentos vitais nas mais diversas áreas, seja por meio de concessões ou PPPs.

Sobre avpgraficaejornal

Verifique também

Projetos da Lei Aldir Blanc são iniciadas em Ibirá

Arte e conhecimento estão em cartaz em Ibirá, são os projetos da Lei Aldir Blanc …

%d blogueiros gostam disto: