Home / Notícias / Curso de Graffit é realizado em Urupês

Curso de Graffit é realizado em Urupês

Adolescentes finalizando uma arte em um muro autorizado
Adolescentes finalizando uma arte em um muro autorizado

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, através do CREAS, ofereceu durante os meses de Junho e Julho um Curso de GRAFFIT, destinado aos adolescentes do município.
O curso foi realizado pelo SENAC de Catanduva e contou com instruções básicas de desenho, caligrafia, arte e pintura, que visa oferecer aos alunos, alternativas de linguagens visuais
usando o design consciente, de-senvolvendo a criatividade e domínio da programação visual em diferentes plataformas da arte urbana.
A arte do graffit é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o graffit é um tipo de inscrição feita em paredes. Existem relatos e vestígios dessa arte desde o Império Romano. Seu aparecimento na Idade Contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. O graffit foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo. Os brasileiros não se contentaram com o graffit norte-americano, então começaram a incrementar a arte com um toque brasileiro. O estilo do graffit brasileiro é reconhecido entre os melhores de todo o mundo.
Vale ressaltar que esta arte tida como artística difere-se da PICHAÇÃO OU PIXAÇÃO, que é o ato de escrever ou rabiscar sobre muros, fachadas de edificações, asfalto de ruas ou monumentos usando tinta em spray aerosol, dificilmente removível, estêncil ou mesmo rolo de tinta. No geral, são escritas frases de protesto ou insulto, assinaturas pessoais ou mesmo declarações de amor, embora a pichação seja também utilizada como forma de demarcação de territórios entre grupos- às vezes gangues rivais.
“O foco é levar até os jovens o conhecimento da arte urbana consciente, percebendo suas diferentes manifestações artísticas, adquirindo conhecimento de novas técnicas e propiciando novas oportunidades até mesmo profissionais”, disse Rodrigo Zanão P. da Monção, Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social.
Os adolescentes que participaram do curso trabalharam com aulas práticas e finalizaram com uma arte em um muro autorizado no centro da cidade.

Sobre avpgraficaejornal

Verifique também

Secretaria da Saúde e Vigilância Sanitária de Ibirá reforçam ações de combate a Dengue

Equipes de agentes municipais intensificam estratégias de controle e pedem apoio da população Uma união …

%d blogueiros gostam disto: